Carta para mim mesma

12:41

Querida Gisiele,

Hoje você está ai, com seus doze, treze anos. Está no ensino fundamental e aproveitando tanto sua escola amada Clemente Pinto, está perto de seus amigos e isso é tudo que importa. Ninguém está ligando se você esta com cheirinho de cebola na mão porque descobriu a culinária como uma paixão,ou se você não está com as sobrancelhas feitas. Dê valor a tudo isso. Aproveite bem essa época, abrace suas amigas especialmente a Thalia, a Júlia, o William, o Guilherme e o Gabriel. Teus amigos vão fazer uma falta quando a vida afastarem vocês. Sabe essa prova de matemática que você reclamou tanto pelo conteúdo ser complicado? Se esforça um pouquinho mais porque a coisa vai piorar. E em português, começa a ficar mais atenta no que está sendo ensinado, tu não tem noção de como vai amar escrever. Se quiser aproveitar e criar o seu primeiro blog, por favor, aproveite e crie! Eu sei que você vai amar. Abraço nosso irmãozinho ele vai crescer tão, tão rápido. Dê o máximo de atenção para ele, pois ele vai crescer um menino forte e amável. Sabe a vovó? Aproveita e abraça ela o máximo que puder, beija ela, respira o cheirinho dela porque infelizmente ela nos deixa logo. Você vai sentir uma falta tão grande que vai doer para respirar, mas isso significa que os momentos que passaram juntas valeu muito a pena. Não se preocupe em errar, siga seu coração porque no final vai dar tudo certo. Continua acreditando nos teus sonhos, ah, sabe a resposta que descobriu a pouco? Aquela que responde a pergunta clichê: O que você vai ser quando crescer? Você finalmente descobriu a resposta não é? Então, estamos no caminho. Seremos uma jornalista consciente. Mas acima de tudo, seremos uma pessoa cheia de sonhos e isso nem você, nem eu podemos deixar morrer. Te encontro no futuro.

Beijos da Gisiele com 18 anos.


Se você fosse escrever uma carta para você mesmo no passado, o que escreveria?

Curta nossa página no facebook: Curta

Você também pode gostar

0 comentários