O medo existe simplesmente por ser mulher #Tabu

09:41

Estamos em pleno século xxi, mais especificamente em 2016 e ainda precisamos lutar contra a cultura do estupro, eu acho isso no miinímo patético.
 
Por esses dias está rolando a história de uma jovem de 16 anos que foi abusada por 30 homens, sendo que um deles era seu ex namorado. Além de fazerem atrocidades com ela, acharam interessante postar fotos e vídeos do ocorrido em um grupo. Até o momento apenas 4 suspeitos foram detidos pela polícia.
 
A grande questão é, porque ainda existem pessoas que vitimizam o estuprador e culpam as vítimas? Mulheres, MULHERES, falaram que se a moça estivesse em casa isso não teria acontecido. Deixe-me contar uma coisa para vocês, mais de 40% dos abusos sexuais contra mulheres ocorrem dentro de casa, e por aalguém que a mulher confia. Pai, tio, sobrinho, marido, namorado. Mas esse argumento nem é válido, sabem por quê? Porque uma mulher não merece ser estuprada apenas por andar na rua, ir a festas e ficar bêbada. Cada um sabe da sua vida, ninguém (generalizando) abusa sexualmente de um homem por ele andar de cação, sem camisa ou estar bêbado. Ele não recebe assovios ou tem fotos tiradas de suas partes íntimas e depois postadas na internet. E sabem por quê? Porque a mulher é sempre culpada. Culpada por ingerir alcool, por andar de saia curta, por não estar na igreja resando para que Deus a salve do próximo molestador, isso quando ele não esta dentro da própria igreja.
 
Ser mulher é tarefa dura, e ainda tem quem nos chame de "feminazi". Desculpem amigos, mas desde pequena meus pais me alertam: "Cuidado, escureceu não fala com homem nenhum". Quando vou para faculdade minha mãe não fica com o coração na mão apenas por medo que eu seja assaltada, mas principalmente por umestupro. Eu nasci com medo, eu vivo com medo, e o motivo? Eu sou mulher.
 
Mas apesar do medo, apesar de ter um frio na barriga toda vez que escurece, apesar de evitar usar maquiagem no trabalho, apesar de tudo isso, eu tenho coragem. E é do medo que vem a coragem, coragem para enfrentar o mundo, para ficar do lado das vítimas e dizer para o agressor: Você é culpado. Coragem para dizer a todos que culpam a vítima: Você é cúmplice. A culpa nunca é da vítima.
 
Meninas, sei que o conteúdo do blog é voltado a beleza, maquiagem, livros e essas coisas podem parecer fúteis. Mas se agarrem ao pensamento de que cada uma de vocês são seres fortes, com maquiagem ou sem, com roupa ou sem, tendo lido ou não. Não se amedrontem, estamos juntas!

Você também pode gostar

0 comentários