domingo, 5 de março de 2017

Quando a saudade não é insônia

Quando é saudade e não é insônia todo o corpo e alma estão despertos. A saudade provoca vontade, anseio. É uma vontade quase incontrolável de agarrar o mundo com as mãos e faze lo girar ao contrário, pro tempo voltar. Pra tudo voltar.

São muitas as tentativas de reviver memórias, ler tarde da noite as mensagens, rever fotos, relembrar o primeiro beijo...

A saudade tem um jeito estranho de dominar a gente, nos viciando com cada pouco de memória. Sempre um pouco mais, só mais um pouquinho.

A dor da saudade escorre pelos olhos quando o coração transborda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário