Resenha: Fruto do Pecado - Nora Roberts

Recentemente ganhei alguns livros de uma conhecida, o livro “Fruto do Pecado” estava entre eles. Não fora o único exemplar da autora de destaque Nora Roberts e por ter em sua capa, dois cavalos, não me chamou atenção inicial.



O livro possui 223 páginas e é possível lê-lo em menos de uma pessoa, li em dois dias. A autora nos conta a historia de Aaron Murdock e Jillian Baron, dois jovens destemidos que pertencem a famílias rivais. Mais um clichê a lá Romeu e Julieta, todos sabemos como a história acaba. Entretanto, gosto de pensar que mesmo sabendo o final, o importante é conhecer o caminho. Não é assim a vida? Pois então, vamos a resenha de mais uma obra, da  autora que me faz ter sentimentos conflitantes. 


O livro -como todos da autora- tem uma grande história potencial, ele te envolve desde o início,  pois os personagens são muito bem estruturados e possuem alguma história. O casal de protagonistas é divertido, faz com que você torça pela relação. Após se encontrarem em um local que passará a ter grande valor para os dois, Aaron pede a Jillian para cruzar seu cavalo com a égua da moça. É muito divertido ver o duplo sentido que contamina essa cena. 


Jillian é administradora da fazenda que seu avô lhe deixou de herança,  o que provoca em muitos homens dessa cena machista, raiva e até desprezo. A jovem está indo muito bem, entretanto alguns roubos começam a acontecer. O primeiro pensamento? Claramente algo que um Murdock faria. 
A rixa entre as famílias existe ainda, mas a atração e o desejo dos dois não pode mais ser ignorado. O livro contará a vocês uma divertida relação maluca, mas que como ponto negativo não tem um final estruturado.


Gostaria de dizer a vocês que este é um defeito que tenho percebendo em vários livros da autora, ela tem um bom início, uma boa história e sabe desenrolar sua trama, mas não cria finais estruturados. Isso me incomoda bastante. Entretanto, sugiro a leitura, para um dia gostoso que esteja deitado na rede com um bom suco de laranja nas mãos.

BBB: O melhor BB Cream para quem tem pele oleosa

Ter pele oleosa é um desafio, são necessários muitos cuidados para que a pele permaneça saudável e fique bonita. Quando o assunto é maquiagem são necessário tomar vários cuidados, muitas vezes uma base muito oleosa pode acabar com uma noite incrível ou fazer com que você “derreta” no decorrer do dia.




Tempos atrás fiz aqui no blog um post intitulado “Os 5 melhores BB Cream para quem tem pele oleosa”. Nesse post citei o BB Cream da L’oreal como um dos melhores e hoje volto para reforçar: esse é o melhor BB Cream para nosso tipo de pele. Nesse meio tempo rodei por aí, testei váaarios produtos de outras marcas (algumas bem caras).




Pontos Positivos

- Preço Acessível (R$32,90)
- Boa cobertura
- Hidrata a pele, suaviza as imperfeições, uniformiza, ilumina deixando um glow incrível e protege dos raios UV (tem FPS20).
- Fácil acesso: é vendido em diversas lojinhas on line de maquiagem, em farmácias e na Renner.
- Boa fixação: dura um tempão na pele


Pontos negativos

- São apenas três tons (claro, médio e escuro). O tom médio é beeem escuro, não me parece uma cor intermediária.
- Comprei a minha no tom claro, ele oxida e em algumas aplicações fica laranja. Cuidado para não virar cenourinha haha.



Minha experiência fazendo dois cursos (ao mesmo tempo) na faculdade



Vocês pediram e eu finalmente trouxe o vídeo! Em um post anterior eu relatei a vocês como foi enfrentar o final de semestre cursando duas graduações ao mesmo tempo (acesse aqui). No vídeo de hoje eu expliquei porquê decidi cursar Jornalismo e Direito ao mesmo tempo e como isso influenciou na minha rotina. Falando em rotina, descrevi pra vocês como é o meu cotidiano (horários e tals). No final do vídeo dei algumas dicas para você, que assim como eu, quer cursar duas graduações ao mesmo tempo. 

Quem tiver dúvidas, perguntas ou quiser que eu responda a algum comentário é só escrever aqui no blog ou lá no canal do Youtube. Espero que gostem desse vídeo. Um beijao!